Fabrício Queiroz é preso em SP e transferido para o Rio de Janeiro
189
views
Queiroz foi preso em Atibaia, em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro.

Foto: Divulgação

 Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi transferido de helicóptero para o Rio de Janeiro, às 10h desta quinta-feira (18), após ser preso pela Policia Civil de São Paulo em Atibaia. 

Queiroz deixou o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, no Centro da capital paulista, por volta das 9h50 e foi levado para o Aeroporto do Campo de Marte, na Zona Norte da cidade. No Rio, ele deverá ir para o presídio de Benfica.

O mandado de prisão foi expedido pela Justiça do Rio de Janeiro, em um desdobramento da investigação que apura esquema de "rachadinha" na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Queiroz foi encontrado em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro.

Há um ano no local

Segundo o delegado Nico Gonçalves, responsável pela operação em São Paulo, um dos caseiros que estava na casa revelou que Queiroz morava no local havia cerca de um ano.

“O caseiro informou que ele estava por volta de um ano aqui. Tinham dois funcionários no fundo da casa, em uma edícula”, disse o delegado em entrevista à GloboNews.

2. Queiroz foi encontrado em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro.

Queiroz foi encontrado em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro.